Looks Archives - Pensando Estilo
Como usar: Jeans detonado (destroyed jeans) com barra dobrada / calças curtas (calças cropped)
24/08/2013

A trend do destroyed jeans com barra virada, em looks cheios de feminilidade, assim como as calças sequinhas curtas (calças cropped), tomaram conta das ruas mundo afora. Observe as fotos e depois veja dicas de como usar.

Os dois looks abaixo são os mais minimalistas e nem por isso pouco interessantes. Quando esse tipo de jeans é usando com outros itens bem clean ele fica sendo o centro da atenção no visual.

20130824-233904.jpg

20130824-201440.jpg

20130824-201329.jpg

20130824-201343.jpg

20130824-201413.jpg

20130824-201512.jpg

20130824-233241.jpg

Para quem não gosta de usar barriga de fora (assim como eu) use o top cropped por cima de uma regata, fica moderno e interessante.

Para mulheres longilíneas e de pernas longas funciona bem melhor essa proposta, mas com alguns cuidados as mulheres de baixa estatura podem usar e ficar bonito:

- Dê preferência a sapatos visualmente leves, de tiras finas, salto não muito pesado, cores não chamativas e sem tira no tornozelo.

- Prefira uma calça com poucos rasgos na horizontal, pois quanto menos linhas horizontais menos haverão quebras na silhueta.

- Prefira calças de pernas afuniladas, pois a linha horizontal formada pela dobra será menor e por consequência vai achatar menos a silhueta.

- Use blusa ou sapato na cor da calça ou faça um look monocromático. Quanto mais tom sobre tom, mais alongador ficará.

Observe abaixo a atriz Tatá Werneck em ensaio que fez para revista Gloss deste mês. Ela tem apenas 1,54m e ficou bem de calça curta.

Observe que ela tá usando um salto super alto e a calça na cintura alta, o que ajudou a alongar. Mas seria melhor se a sandália não tivesse a tira no tornozelo e a cor fosse a mesma do fundo da estampa da calça. Por outro lado, na parte superior, o cinto na mesma cor do top evitou mais uma linha horizontal quebrando a silhueta e que o tronco ficasse muito curto. A calça de cintura alta, o top e o cinto remetem aos anos 50 e 60 quando esse tipo de calça estava presente na moda e foi usado por estrelas como Brigitte Bardot, Audrey Hapburn e Marilyn Monroe.

Brigitte Bardot

Audrey Hapburn

Marilyn Monroe

Já na foto abaixo da Tatá Werneck (a segunda à direia), para compensar a dobra na barra e fazer o efeito alongador foi escolhida a calça na mesma cor da sandália.

 

Veja mais uns exemplos de looks com calças curtas e observe como fica bem melhor com sapatos em cores suaves ou neutras, sem tiras no tornozelo e de bico fino.

miranda-kerr-pants

calça enrolada

O último look acima é o melhor exemplo para as baixinhas copiarem: blusa e calça nos mesmos tons, calça quase sem rasgos, ou se tiver, que não sejam na horizontal, barra afunilada e scarpin de bico fino. Tudo contribuindo para a silhueta alongar.

Lindos os looks, não acharam?





Amarelo! – como usar e looks para inspirar
17/08/2013

O amarelo está sendo a cor do momento, é vibrante, alegre, mas não é uma cor das mais fáceis, portanto, temos de tomar alguns cuidados na hora de escolher uma roupa nesta cor, tanto com relação ao objetivo de uso como quanto ao impacto no seu visual.

Observe que o amarelo é uma cor que transmite uma imagem de pessoa criativa, aberta a mudanças, extrovertida, alto astral, etc. É a cor relacionada ao intelecto, ao ladro criativo, à muita atividade mental, à agitação. Portanto, use para uma situação de descontração, alegria, diversão. Não é a cor ideal para uma entrevista de emprego por exemplo, a não ser que seja um trabalho ligado a artes, publicidade, comunicação, e mesmo assim, dependendo do segmento. É uma cor realmente mais indicada para momentos descontraídos.

Ao escolher uma roupa nessa cor, observe se não te deixa apagada e sem vida. Existem vários tons de amarelo, o amarelo-limão, amarelo gema de ovo, o mostarda, o dourado, amarelo bebê, enfim, é só observar se deixa você estranha ou se te deixa com um aspecto saudável. 

Morenas ficam mais facilmente bonitas de amarelo do que as loiras, mas não é uma regra, é só uma observação geral, vai depender muito da cútis e do tom de cabelo. Quem já fez análise de cores sabe facilmente na sua cartelinha qual tom de amarelo usar, mas quem nunca fez é só se observar bem no espelho e procurar harmonia entre o amarelo escolhido e o seu visual. Se achar que está esquisito, melhor não arriscar, geralmente não é aquele o tom certo.

Para acessórios não indico observar a cartela de cores, mesmo para quem já fez análise cromática. Claro que se usar tudo que compõe seu visual (cabelo, make, roupas e acessórios) nos tons certos, terá mais chances de ficar melhor, mas não precisa tanta rigidez. Um bolsa que tem uma cor amarela vibrante, destoante do resto, pode sim ficar bonita no visual  de quem não fica bem com esse amarelo em roupas, até porque normanlmente quem escolhe um acessório nesta cor adora esse efeito “cheguei”. No final das contas gente, o que importa mesmo é ser feliz. Você tem de se sentir bem, senão o look mais certinho do mundo em você não vai ficar bonito mesmo. Procure se sentir bem, isso é o princial. E be happy!   

20130817-212359.jpg

20130817-212438.jpg

20130817-212554.jpg

20130817-212629.jpg

20130817-212713.jpg

20130817-212906.jpg

20130817-213006.jpg

20130817-212954.jpg

20130817-213214.jpg





Looks para inspirar – PRACTORY – coleção primavera/verão 2014
05/08/2013
Meninas, não sei se vocês conhecem a Practory, fiquei babando quando vi o lookbook da coleção primavera/verão 2014.
É uma marca que não segue modismos passageiros, tem um estilo próprio, feminino, elegante e com bastante alfaiataria. Sempre traz peças clássicas e comprimentos comportados, sendo ótima para o trabalho e excelente opção para mulheres bem maduras ou que gostam de se vestir com discrição.
Tais características fazem com que a Practory seja bastante adotada por apresentadoras de telejornais.
Patrícia Costa - Jornal da Record
Jornal da Record
Christiane Pelajo - Jornal da Globo
Jornal da Globo
Ticiana Villas Boas - Jornal da Band
Jornal da Band
Jornal Nacional - Rede Globo
Jornal Nacional

Agora vamos aos looks que mais gostei do lookbook primavera/verão 2014. Traz várias trends que estão sendo sucesso.

 
Branco total e recortes ou transparências

 Cores intensas ou cítricas
Inspiração navy
Tons crus

Animal prints de tigre
Azul e branco com inspiração navy ou desenhos de porcelanas
 
Costumo comprar essa marca quando viajo, aqui em São Luís não sei se, ou onde tem para vender. Se alguém souber, agradecerei a informação. Fica a dica para as empresárias da moda.

O que acharam?
:***





Get the look – Inspiração Navy
04/08/2013
Marinho e branco juntos sempre lembram o navy. Gosto muito de branco, mas em calça dá aquela ampliada no quadril que a gente já sabe, porém, o detalhe de bordado de pérolas nos ombros desse cardigã camufla o efeito do quadril, equilibrando as proporções.
Quem tem quadril mais estreito que os ombros (triângulo invertido) se dá melhor com a calça branca e parte de cima escura. Eu estou no momento o tipo triângulo (ombros mais estreitos que quadril), digo no momento porque quando consigo malhar eu fico o tipo oito (quadris e ombros quase na mesma proporção). Então, para o tipo triângulo a calça branca tem de ser usada com uma parte de cima que não vai estreitar mais os ombros, já que ela amplia quadris e coxas. Neste caso, se o cardigã escuro não tivesse o detalhe de pérolas iria fazer meu quadril parecer maior, mas com o bordado ajudou a equilibrar.

O scarpin bege/quase caramelo, de bico fino, ajudou a dar uma alongadinha. Se o bico fosse redondo iria achatar mais a silhueta.

O melhor seria que a calça fosse mais comprida para ser usada com um sapato bem mais alto. Subir num salto não só aumenta nossa estatura, dá um efeito emagrecedor também, se usado de forma correta. E além disso, faz a barriga ficar mais encolhida.

Cardigã Marca Pitanga (facebook.com/marcapitanga e @marcapitanga)
Calça Practory
Bolsa Chanel
Sapato Issa para C&A  




Get the look – Uma saia e quatro looks na Loja Satz
31/07/2013
Como eu já havia falado em outro post, mesmo uma peça diferente que você pensa ter poucas possibilidades de uso pode ser utilizada em várias combinações. Basta não julgar o resultado final antes de vestir. No meu caso, consigo como tenho um “feeling” e também uma preparação profissional nesse aspecto, consigo ter uma ideia do resultado final sem sair provando aleatoriamente. Já separo tendo praticamente certeza que vai dar certo. Mas qualquer pessoa pode conseguir fazer combinações diferenciadas e fazer muitos looks com a mesma peça de roupa. O segredo é tentar mesmo, sem preconceito com a forma de montar o visual, e com o tempo você já vai se conhecendo melhor, melhorando suas percepções, adquirindo mais confiança em suas escolhas e aprende a fazer combinações certeiras, explorando ao máximo o que tem no guarda-roupa. Veja abaixo quatro looks com uma saia de estampa de camuflagem. 
Look 1
Com uma regata amarela, cor super trend da estação. Ela é bem cavada, para ser usada com um top por baixo. Adorei a falta de acabamento, quanto menos costura maior o conforto, adoro isso em camisetas e regatas. Às vezes meto a tesoura mesmo nas minhas para ficar com esse aspecto, rsrsrs…  
     

Look 2
Com blusa  linda de renda. É bem interessante e moderno usar a delicadeza da renda com uma estampa que remete ao militarismo. É bem fashion fazer esses contrapontos. 

Look 3 
Com uma camiseta fofa estampada com uma gravura de perfume Marc Jacobs. O cinza da estampa “casou” com os tons da saia. Perfeitinho.

Look 4
Esse já ficou um pouco misturadinho demais por conta das “informações” que a blusa já traz, (um desenho de mulher usando poás, com uma cor forte, um maxicolar) e tem ainda o detalhe de correntinhas nos ombros. Mas quem é bem fashionista e gosta de sair do óbvio vai curtir bastante o look. 

Já dá pra imaginar que cada blusa por si só permite combinações mil né…
Os brincos e a sandália são também da Loja Satz.
O que acharam? Gostam desse tipo de post? 
:***