Dicas de Mãe Archives - Página 5 de 6 - Pensando Estilo
11 fotos que os pais não devem publicar nas redes sociais!
27/04/2014

Temos de ter muito cuidado com a exposição de nossas crianças. Há muitos riscos por trás de atitudes inocentes. Achei o texto a seguir muito importante para nossa reflexão. 

O texto foi retirado do site http://www.justrealmoms.com.br

Nos dias atuais, as redes sociais estão cada vez mais presentes em nossas vidas e nas de nossos filhos. Muitas vezes nós comprometemos a segurança deles e a nossa ao publicar fotos de maneira ingênua, sem saber ao certo os problemas que isso pode causar!

redessociais

Os sites Delas e o M de Mulher publicaram recentemente sobre que tipos de imagens devemos ter cuidado em postar  na rede e achei pertinente compartilhar essas informações com vocês!

“O rosto todo lambuzado pela primeira papinha, a folia na hora do banho ou o tablet novinho em folha da criança. São tantas as situações engraçadas ou fofas que os pais compartilham nas redes sociais que fica difícil passar um dia sem topar com essas fotos. Mas internet não combina com ingenuidade. Quem quer compartilhar imagens na rede precisa entender que este é um ato permanente e cheio de riscos”.

Sequestro, pedofilia, buylling e roubo estão entre os riscos aos quais as famílias se expõem ao publicar imagens inadequadas na internet. Confesso que depois de saber disso, apaguei algumas fotos das minhas redes sociais… Afinal, todo cuidado é pouco quando se trata da segurança dos nossos pequenos, não é mesmo?

 

no-photos

 

Vamos à lista!

1) Foto com registro de localização

Antes de baterem uma foto de seus pequenos, desativem o geolocalizador do celular ou da câmera fotográfica. Ninguém precisa saber quais são os locais que a criança frequenta. Pessoas mal-intencionadas podem usar essas dicas para assustarem vocês quando seus filhos não estiverem em casa. Sabem aqueles trotes que simulam sequestros? Eles ficam muito mais assustadores se a pessoa que estiver ligando tiver informações precisas da vida de seus filhos.

seg7

 

2) Foto da criança nua e tomando banho

Posso publicar uma foto do meu filho tomando banho? As partes íntimas do pequeno estão aparecendo? Antes de compartilharem algo assim, pensem três vezes para não se arrependerem depois. Infelizmente, há o risco de pedofilia. Há muitas pessoas mal-intencionadas na internet que ficam procurando imagens de crianças peladas para compartilhar em sites de conteúdo impróprio.
seg8

 

3) Foto da criança com uniforme da escola

Evite que estranhos identifiquem a rotina do seu filho, que saibam qual é o nome do colégio que ele estuda e os cursos extras que ele frequenta. Essas informações podem ser usadas em planejamento de sequestro.
seg6

 

4) Foto da criança em alta-qualidade

A partir do momento em que uma foto cai na rede, perde-se totalmente o controle sobre ela. Fotos em alta resolução, por exemplo, podem ser editadas e usadas com mais facilidade e podem ser utilizadas com muitos propósitos, incluindo propagandas não autorizadas.
seg5

 

5) Foto da criança com outros amiguinhos

Jamais publique a foto de outra criança sem a autorização dos pais. A internet é uma rede mundial, por isso, todo cuidado é pouco! Os pais dos amiguinhos podem não gostar e não querer a tal exposição. Fiquem atentas!
seg4

 

6) Foto da criança no ambiente de trabalho dos pais

Com a divulgação desse tipo de imagem, os usuários, além de saberem quais são os locais que o filho frequenta, saberão também onde os pais trabalham. Todos ficam vulneráveis! Mais uma vez: não divulguem informações da sua vida pessoal. É muito perigoso!
seg3

7) Fotos que vão fazer a criança sentir vergonha no futuro
“Algumas fotos podem ser bonitinhas, mas, no futuro, podem constranger seu filho deixando-o vulnerável para ser alvo de bullying”, aconselha Marcos Ferreira, especialista em segurança da informação da TrustSign, empresa focada em soluções de segurança na internet.
seg2

 

8) Fotos da criança perto de objetos de valor

Evitem postar fotos que possam chamar atenção para os bens materiais da família. Ninguém precisa, por exemplo, saber que seu filho ganhou um IPad de presente.
seg9

 

9) Fotos publicadas em álbum aberto para todos

É ingenuidade acreditar que existe segurança apenas porque o seu perfil só pode ser visualizado por amigos e amigos dos amigos. Quem são os amigos dos seus amigos? Vocês os conhecem? Todo cuidado é pouco.
seg1

 10) Pistas da casa da criança:

Evitem fotos em que a fachada da sua casa, o nome da rua ou pontos de referências fiquem evidentes!
seg10

 

11) Fotos engraçadinhas

Muito cuidado para uma foto fofa do seu filho não se tornar o próximo meme ou gif da moda. Eles viralizam com muita facilidade!
seg11

Créditos de Imagens: Getty Images / Google





Livro “Ética de pais para filhos”
20/01/2014

No fim do ano passado a escola dos meus filhos presentou os pais com esse livro simples e encantador que ensina valores éticos na forma de curtas historinhas para serem contadas pelos pais aos filhos, fazendo-os absorver ensinamentos e virtudes como honestidade, lealdade, justiça, sinceridade e vários outros, de forma leve e prazerosa. Recomendo! ;) 





Manual Prático de Alimentação para Crianças de 2 a 5 anos
18/11/2013

Compartilho com vocês um excelente manual de alimentação para nossos filhinhos pequenos.

Recebi da Fernanda Figueiredo, professora de natação de meu filho Marco Antônio, e amei o conteúdo, realmente muito prático, útil, descomplicado e com receitinhas maravilhosas. Vocês vão amar também. 

Está em formato PDF e para abrir é só clicar no título abaixo:

MANUAL DE ALIMENTAÇÃO PARA CRIANÇAS 2 A 5 ANOS

cats

 

 

 





Dicas de Segurança Aquática
13/11/2013

Novembro é o mês nacional da segurança aquática, por isso compartilho com vocês as dicas que recebi da professora de natação de meu filho, a Fernanda Figueiredo. São dicas muito importantes, que se observadas, evitarão inúmeros acidentes.

dicas natação

Colocar os filhos em uma aula de natação traz muitos benefícios, tanto para a tranquilidade dos pais, que não mais precisarão conviver com o medo do afogamento, principalmente quando se tem piscina em casa, como para a criança, que irá ser bastante beneficiada com esta prática esportiva. É um esporte dos mais vantajosos e pode ser iniciado muito cedo, com seu filho ainda bebê.

Aqui em São Luís há profissionais altamente gabaritados para ensinar nossos filhos a nadar. Optei pela aula particular por questões de praticidade, já que a o dia a dia corrido dificulta darmos conta de levar os filhos a várias atividades fora de casa, portanto, poupará tempo com deslocamento, sem contar que a aula particular proporciona à criança uma atenção mais especial. Por indicação de uma grande amiga escolhi a Fernanda, educadora física com ênfase em Natação Infantil e Especialista em Psicomotricidade. 

Quem tiver interesse nas aulas, solicite por email que eu passe o contato de Fernanda. Caso ela não tenha mais disponibilidade de vagas, passará a outro profissional.

Para ver o currículo da Fernanda clique aqui.





A importância de estimular o desenvolvimento motor das crianças
26/07/2013
Na era digital em que estamos, as crianças sentem-se cada vez mais atraídas pelos brinquedos e aparelhos eletrônicos e cada vez mais cedo se interessam por eles e aprendem a manipulá-los.  
 
 
Em minha casa estabeleci um limite máximo de horas diárias para que meus filhos utilizem computador, iPad e vídeo games e também faço uma fiscalização com relação ao conteúdo vizualizado e instalado. No caso do meu filho de dois aninhos é só o iPad que ele usa, mas já vai aprendendo os limites. Se limites não forem impostos, eles ficam tão mergulhados nesse entretenimento virtual que esquecem de outras brincadeiras à moda antiga muito importantes para o desenvolvimento sensorial e de coordenação motora, tais como brincadeiras em grupo, uso de brinquedos que explorem artes, criação, imaginação, jogos de tabuleiro, prática de esportes ou simplesmente gastar energia física correndo, pulando, dançando, enfim.
Sempre falo para meu filho de oito anos que internet e jogos eletrônicos podem ser utilizados a vida inteira como fonte de diversão, até quando ele estiver idoso, pois só dependem de sua energia mental, já outras atividades típicas da infância, as brincadeiras que só as crianças fazem, desde as mais simples como pega-pega, esconde-esconde, etc, são só desta fase e não se deve deixar a infância passar sem aproveitar isso. É uma fase única, considerada por muitos a melhor de nossas vidas…
Achei interessante o cronograma abaixo que encontrei hoje no facebook de uma amiga.
Façamos a nossa parte como pais e estimulemos nossos filhos a aproveitarem a infância deles da melhor forma possível. 
:***